Pular para o conteúdo principal

Outubro Rosa também para os animais

Data: 
sábado, 8 Outubro 2016 - 9h45
Português, Brasil
FONTE: FOLHA DE PERNAMBUCO
O câncer de mama é a neoplasia mais comum em cadelas e gatas. Nesses animais, o índice chega a 80%. Como uma forma de alertar sobre a prevenção e os riscos, a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) promove a segunda edição do Outubro Rosa Pet. A ação, que ocorre no próximo dia 17, irá contar com a distribuição de panfletos explicativos e distribuição de brindes para os animais, a exemplo de amostras de ração e petiscos.
Na ocasião, médicos veterinários vão ensinar os donos dos pets qual a melhor maneira de fazer a apalpação. Os tutores que suspeitarem de alguma anormalidade nas glândulas mamárias dos animais poderão agendar as consultas por meio do 3320.6420. Para o dia estarão disponíveis 40 atendimentos, de manhã e tarde, das 8h às 12h e das 13h às 17h. A mobilização ocorrerá no Hospital Veterinário da universidade.
O uso de anticoncepcionais e a obesidade são alguns fatores de risco associados à ocorrência de tumores de mama, conforme alerta a coordenadora do projeto, a médica veterinária Márcia Figueiredo. “A castração precoce e o uso de ração balanceada são medidas eficazes na redução do câncer. A campanha reforça a importância sobre o diagnóstico precoce”, explicou.
A castração antes do primeiro cio aumenta em quase 100% as chances de o animal não desenvolver a doença. As cadelas e gatas com consulta agendada que sejam diagnosticadas com nódulos serão submetidas a exames de citologia. “É necessário para avaliarmos se é benigno ou maligno antes de qualquer intervenção cirúrgica”, detalhou.

 As cirurgias serão agendadas posteriormente para não atrapalhar a logística do evento.