Pular para o conteúdo principal

Gestores apresentam resultados de 2016 à comunidade

segunda-feira, 20 Março 2017 - 11h37

A última sexta-feira (17/03) foi dia de colher – e mostrar – os frutos do trabalho da gestão da UFRPE ao longo de um ano. Durante todo o dia, gestores dos mais diversos setores da Instituição se reuniram para apresentar a prestação de contas de 2016. Sob a coordenação da reitora, professora Maria José de Sena, e do vice-reitor, professor Marcelo Carneiro Leão, a comunidade universitária teve a oportunidade de acompanhar explanações relevantes sobre os principais resultados das ações desenvolvidas.  

Na ocasião, a reitora destacou a importância da transparência e da prestação de contas à sociedade, lembrando que as informações são base de diversos documentos da UFRPE, a exemplo do Relatório de Gestão, encaminhado anualmente ao Tribunal de Contas da União (TCU), e do Relatório de Atividades, que a Pró-Reitoria de Planejamento publica com a mesma periodicidade.

Participaram do encontro representantes das equipes dos seguintes setores: PRAE, PREG, PRPPG, PROAD, Progest, Proplan; ACI, Acep, Came, CCS, CPA, Delogs, DQV, Gerência de Contabilidade e Finanças, Neman, NIT, NTI, Nuric, Ouvidoria Geral, SIC, Sugep, BC, Naces, Assessoria CGU, DAG, Assessoria de Gestão de Almoxarifado e Patrimônio, PJ, Audin, Assessoria dos Campi Avançados e Assessoria de Obras da UACSA.

O público presente pôde acompanhar dados, gráficos, números e informações das mais diversas áreas, envolvendo ensino, pesquisa, extensão, infraestrutura, finanças, infraestrutura e questões administrativas. A partir do trabalho apresentados pelos gestores, foi possível compreender, de forma panorâmica e reflexiva, todo o cenário da UFRPE em 2016, que, apesar de ter sido um período de fatos críticos e diversas mudanças, não comprometeu o desempenho da UFRPE em suas múltiplas atividades.

Programas acadêmicos e administrativos foram criados, outros incrementados; houve investimentos em infraestrutura, como a conclusão da obra de calçadas e gradis no Campus Dois Irmãos. Várias obras foram concluídas, incluindo reformas e edificações; alguns desafios avançaram, a exemplo da adequação da UFRPE às pessoas com deficiência, a partir de intervenções no espaço físico, a criação da Sala de Recursos na Biblioteca Central e outras ações. Foram ressaltados ainda resultados das iniciativas de internacionalização e inovação, com aumento de 122% no depósito de patentes, por exemplo.

Sobre a qualidade no processo de ensino-aprendizagem, apresentou-se, entre outras, a novidade da criação da aula prática de forma interdisciplinar, para melhor aproveitamento acadêmico e redução de custos. Outros avanços foram debatidos, como a maior participação no processo de autoavaliação da Universidade, que teve a ampla participação de 62% de docentes, 53% de discentes e 32% de técnicos-administrativos. Um importante panorama do perfil dos egressos da UFRPE também foi apresentado, além do aumento significativo do número de pessoas atendidas pelo posto do Sebrae na UFRPE, que foi de 1.364.

Para os servidores, foram prestados relevantes serviços, como o lançamento do Projeto Parceiros – Clube de Descontos e a organização das pastas funcionais por matrícula. A UFRPE também foi a primeira universidade a realizar, em 2016, o assentamento funcional digital.  

Melhorias nas pesquisas, gestão estudantil, serviços de Tecnologia da Informação, obras, aquisição de material bibliográfico, acessibilidade, convênios, programas de atenção a saúde, projetos de extensão e acesso à informação e comunicação também foram destacados, bem como uma série de avanços administrativos, facilitando a celeridade em diversos procedimentos.

Para a reitora Maria José, encontros como esse permitem que a Universidade dê satisfação à sociedade do que é realizado na Universidade em toda a sua complexidade. “Tivemos a oportunidade de refletir e demonstrar, em cada ação, o comprometimento e o respeito com o que é público”, ressaltou. 

O vice-reitor, professor Marcelo, destacou o orgulho de ver a UFRPE cada vez mais em situações de destaque em diversos setores. “Quando observamos todos esses dados juntos, vemos realmente que hoje a UFRPE está entre as melhores”, disse.