Pular para o conteúdo principal

Parque de Dois Irmãos liberta 77 animais que estavam em cativeiro

Data: 
quinta-feira, 6 Outubro 2016 - 10h15
Português, Brasil

FONTE: PE.GOV.BR

O Parque Estadual de Dois Irmãos (PEDI) realiza nesta sexta-feira (07/10), às 14h, a soltura de 77 cágados das espécies muçuans (Knosternon scorpioides) e de barbicha (Phrynops geoffroanus), que estavam no zoológico e ganharão liberdade nos açudes da unidade de conservação, que abriga 384,42 hectares de remanescentes da Mata Atlântica na Região Metropolitana do Recife. O objetivo é garantir o melhoramento genético e a conservação da espécie.

Em virtude do sucesso da reprodução dos animais em cativeiro, havia um número significativo de cágados nos recintos e que poderiam voltar ao meio ambiente.  A soltura dos testudines silvestres (animais da ordem dos quelônios, no caso, os cágados que vivem em rios, açudes e pântanos) foi autorizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), responsável pelo gerenciamento de gestão de fauna em Pernambuco, juntamente com a Agência CPRH, em virtude do excedente de animais encontrados no Parque.

Antes de ganharem os açudes da região, por volta da 10h, a equipe técnica do zoológico, em parceria com os pesquisadores do Laboratório Interdisciplinar de Anfíbios e Répteis da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), que trabalha com as  populações de répteis e anfíbios do PEDI, farão a marcação dos animais que serão soltos. Todos receberão um chip para o monitoramento, além de uma pintura com tinta atóxica especial, para facilitar a sua identificação e manejo.

A soltura dos animais ocorrerá nos açudes Dois Irmãos, de Dentro e do Meio, com o acompanhamento das equipes do Parque e da UFRPE. Permanecerão em exposição no zoológico, 23 cágados de barbicha e oito muçuans.